Eixos Temáticos

Clique nos itens abaixo para saber mais sobre o eixo.

Datas Importantes

  • 15/05/2020 - Prazo final para envio dos trabalhos
  • 15/06/2020 - Comunicação de aceite dos trabalhos e possível revisão
  • 31/08/2020 - Envio da versão revisada dos trabalhos
  • 14/09/2020 - Comunicação dos trabalhos aprovados para publicação e apresentação

Tipo de Trabalho

O processo de submissão, análise e aprovação de artigos contará com uma fase de submissão de dois tipos de trabalhos: 

  • Resumo estendido (2 a 3) páginas
  • Artigos compactos ('short-papers') de 6 a 8 páginas

Ao final das avaliações ocorrerá a divulgação da aprovação dos trabalhos, classificados em duas categorias: para apresentação oral e para comunicação.

  • Os resumos estendidos aprovados e inscritos serão apresentados em sessões de pitch
  • Os short-papers aprovados e inscritos serão apresentados em sessões técnicas

Obs.: Os autores inscritos no XVIII ENTAC só poderão apresentar 2 trabalhos aprovados e inscritos. Não há limites de autores por trabalho.

Escolha o formato do arquivo e faça o download do template

Clique no botão ou no ícone para fazer o download do arquivo no formato PDF

Clique no botão ou no ícone para fazer o download do arquivo no formato WORD

EDIÇÃO ESPECIAL TECNOLOGIA E DESAFIOS GLOBAIS NO AMBIENTE CONSTRUÍDO
A Revista Ambiente Construído irá produzir em 2021, uma Edição Especial № 03/2021 sobre Tecnologia e Desafios Globais no Ambiente Construído. Trata-se de uma ação articulada da Revista com o XVIII ENTAC 2020. Foi acordado com a Comissão Organizadora e Comissão Científica do ENTAC 2020 que os melhores trabalhos apresentados no XVIII ENTAC 2020 serão convidados a submeter seus trabalhos, de forma expandida, para esta edição. Todos os artigos serão avaliados segundo os procedimentos usuais da Revista, por pelo menos dois avaliadores, escolhidos entre os membros do Conselho Editorial ou do corpo de avaliadores convidados da Revista.

Inscreva o seu trabalho no EasyChair

Clique no botão abaixo, acesse o site e cadastre-se no EasyChair e faça o cadastro do seu artigo.

Ⓒ 2020 Todos direitos reservados à ANTAC - Associação Nacional de Tecnologia no Ambiente Construído.

Cidades Inclusivas

O objetivo deste eixo é refletir sobre a possibilidade de incorporar novas tecnologias para tornar as cidades mais inclusivas e seguras, elementos necessários para pensar questões referentes à habitação, mobilidade, espaços coletivos, serviços urbanos, relações de mercado de trabalho, produção do ambiente construído e políticas públicas, visando a contribuir para que sejam alcançados os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU. Exemplos de estudos desse eixo podem incluir temas relacionados ao planejamento urbano, clima, acústica urbana, processos participativos e democráticos, bem como à igualdade de acesso aos bens e serviços urbanos, especialmente aos indivíduos e grupos em situação de vulnerabilidade (social, ambiental, jurídica, de gênero, de raça, de saúde, entre outros). Os principais GTs/ANTAC e ODS/ONU neste eixo são:

Conforto Ambiental e Eficiência Energética
Desenvolvimento Sustentável
Qualidade do Projeto
Urbano

Energias Limpas e Renováveis

  1. O objetivo deste eixo é o estudo da incorporação de novas tecnologias para as energias limpas e renováveis ao Ambiente Construído, visando contribuir com os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU. Serão considerados trabalhos que abordem a infraestrutura para produção de energias limpas, bem como a adaptação do ambiente construído para o uso dessas energias, além de estratégias de eficiência energética em edifícios e cidades. Os principais GTs/ANTAC e ODS/ONU neste eixo são:
Conforto Ambiental e Eficiência Energética
Desenvolvimento Sustentável
Resíduos
Urbano

Edificações Customizadas e Ciclo de Vida do Usuário

O objetivo deste eixo é promover a discussão da importância do desenvolvimento de edificações que atendam às necessidades específicas de grupos de usuários, as quais podem se modificar ao longo do ciclo de vida dos mesmos visando a contribuir para que sejam alcançados os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU. As edificações possuem atributos que levam a diferentes tipos de consequências na qualidade de vida dos seus usuários, as quais devem ser consideradas na avaliação do seu impacto. Diferentes critérios podem ser levados em conta nestas avaliações, incluindo habitabilidade, segurança, sustentabilidade, estética, conforto e economia. A customização de uma edificação permite que a mesma atenda a diversidade dos requisitos dos usuários, em alguns casos de forma adaptativa. Diferentes temas de pesquisa enquadram-se neste eixo temático, incluindo o entendimento das necessidades e valores dos usuários, desenvolvimento de projetos adaptativos e flexíveis, e concepção de sistemas de produção que ofereçam flexibilidade a custos e prazos adequados, por meio da incorporação de novas tecnologias. Os principais GTs/ANTAC e ODS/ONU neste eixo são:
Desenvolvimento Sustentável
Gestão e Economia da Construção
Qualidade do Projeto
Sistemas Prediais

Futuro do Ambiente Construído

O objetivo deste eixo é propiciar a discussão da industrialização inclusiva fomentando a incorporação de novas tecnologias, a fim de fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento de ambientes construídos inovadores, visando contribuir com os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU. Destaca-se que transformações radicais estão por vir para o Ambiente Construído, como, por exemplo: instalações elétricas sem fio, domótica, smart city, ambientes ventilados automaticamente, ambientes climatizados, sistemas de segurança, facility management, entre outros. Serão considerados trabalhos que abordem inovações aplicadas à edificação, às infraestruturas e à cidade. Os principais GTs/ANTAC e ODS/ONU neste eixo são:

Argamassa
Conforto Ambiental e Eficiência Energética
Desenvolvimento Sustentável
Gestão e Economia da Construção
Qualidade do Projeto
Resíduos
Sistemas Prediais
Tecnologias de Sistemas e Processos
Tecnologias da Informação e Comunicação
Urbano

Gestão do Ambiente Construído e Novas Tecnologias

O objetivo deste eixo é promover novas abordagens para a gestão das diferentes etapas do processo de construção, incluindo concepção, projeto, construção e uso, contribuindo para alcançar os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU. Diversas tecnologias da informação e comunicação oferecem novas oportunidade de inovação na gestão do ambiente construído, incluindo o uso de BIM, drones, inteligência artificial, realidade virtual e aumentada, impressão 3D, entre outras. Tais inovações representam oportunidades para melhorar a qualidade, aumentar a eficiência, tornar o trabalho mais seguro e reduzir prazos. Os principais GTs/ANTAC e ODS/ONU neste eixo são:

Argamassa
Gestão e Economia da Construção
Qualidade do Projeto
Tecnologias da Informação e Comunicação
Tecnologias de Sistemas e Processos
Urbano

Inovação em Materiais e Componentes

O objetivo deste eixo é estimular a possibilidade de disseminação e implementação de novos materiais e componentes para o Ambiente Construído, visando contribuir para alcançar os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU. A biomimética e a nanotecnologia, associadas ao uso de materiais compósitos, poliméricos, termocrômicos e com resíduos, podem ser as protagonistas no surgimento de materiais inovadores, duráveis, com capacidade regenerativa, autoreconfiguráveis e na produção de energia. Os principais GTs/ANTAC e ODS/ONU neste eixo são:

Argamassa
Resíduos
Tecnologias de Sistemas e Processos

Qualidade e Desempenho do Ambiente Construído

O objetivo deste eixo é promover a reflexão sobre o impacto de novas tecnologias para a melhoria da qualidade e do desempenho do ambiente construído, visando contribuir para alcançar os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU. A qualidade e o desempenho estão relacionados à forma, volume, dimensões, bem como aspectos ligados à segurança, habitabilidade e sustentabilidade. Esses aspectos formam um conjunto de requisitos integrados que focam na área técnica, funcional e comportamental do ambiente construído. Diferentes temas de pesquisa enquadram-se neste eixo temático, incluindo o atendimento aos requisitos de desempenho de edificações, avaliação pós ocupacional (APO), ergonomia, entre outros. Os principais GTs/ANTAC e ODS/ONU neste eixo são:
Argamassa
Conforto Ambiental e Eficiência Energética
Gestão e Economia da Construção
Qualidade do Projeto
Sistemas Prediais
Tecnologias de Sistemas e Processos
Tecnologias da Informação e Comunicação